LOGO e

Western Amazon Grouped Project

REDD+

Western Amazon REDD+ Grouped Project

É um projeto REDD+ que promove a proteção de áreas naturais localizadas na Amazônia brasileira. O projeto visa preservar mais de 200.000 ha de vegetação nativa, freando o desmatamento que atingiu níveis preocupantes nesta área. O projeto, que começou em 2020 e tem duração de 30 anos, será registado em 2023 com as Padrões VCS e CCBS. As atividades do projeto serão principalmente a identificação dos fatores de desmatamento, a promoção de atividades sustentáveis dentro das florestas e a capacitação das comunidades locais. O projeto também inclui estudos científicos sobre a fauna e flora locais, para a identificação e proteção de espécies vegetais e animais ameaçadas.

Tipo
REDD+ (Reducing Emission from Deforestation and forest Degradation)

Padrão
VCS – Verified Carbon Standard
CCBS 
 Climate, Community and Biodiversity Standards

Auditing
RINA SERVICES

Localização
Acre e Amazonas – Brasile

Desenvolvedor
CARBON CREDITS CONSULTING S.R.L.

VCS Registry ID
3141

O projeto

Consiste em 22 áreas localizadas entre os estados com as maiores taxas de desmatamento da América Latina: Acre e Amazonas, no Brasil. Como Grouped Project, é composto por diversas propriedades com características ecologicamente semelhantes e localizadas em áreas caracterizadas por grande pressão de desmatamento. O projeto protegerá ecossistemas e promoverá a regeneração do bioma amazônico nas áreas mais afetadas

Parar o desmatamento

DRIVERS

Created with Fabric.js 4.6.0
  • Propagação de incêndios externos dentro da área do projeto causados por fazendeiros
  • Incêndios internos devido ao uso da terra por habitantes e pessoas de fora
  • Extração ilegal de madeira por pessoas de fora
  • Desmatamento causado pelos habitantes da floresta
  • Expansão de terras agrícolas e fazendas
Incendi min

Incêndios na floresta amazônica

O Western Amazon está optando por assumir um papel ativo na proteção da Amazônia contra os incêndios catastróficos que têm e continuam a pôr em perigo o pulmão do mundo. No leste do Acre, a terra do nosso projeto, uma série de incêndios destrutivos tem caracterizado os últimos anos. Sem mitigação adequada, a situação tende a piorar, deixando espaço para o fogo e a devastação. Os projetos de REDD+ são uma das melhores soluções de suporte que esses preciosos ecossistemas precisam tremendamente hoje

Proteger a floresta

Created with Fabric.js 4.6.0
Created with Fabric.js 4.6.0
Created with Fabric.js 4.6.0
  • Treinamento e equipamentos de bombeiros, prontos para intervir em caso de incêndio na área do projeto
  • Implementação de cursos de prevenção e controle para os moradores
  • Sistemas de detecção de incêndio
  • Contratação de guardas para proteger as áreas do projeto
  • Construção de cercas e barreiras de proteção, para coibir o pastoreio ilegal das fazendas vizinhas
  • Organização de encontros com trabalhadores e moradores, com o objetivo de conscientizar a comunidade sobre a conservação e uso sustentável da floresta
  • Atividades destinadas a melhorar as condições de vida das comunidades, a fim de incentivar a conservação da floresta

Cobenefícios

Ambientais

A vegetação que cobre os mais de 60.000 ha da área do projeto está dividida em dois tipos diferentes. A floresta ombrófila densa, e a floresta ombrófila aberta. A produtividade fotossintética da floresta pode exceder 1000 gramas de CO2 capturadas por metro quadrado anualmente. A quantidade de chuva ao longo do ano mantém as folhas verdes ao longo de todo o arco solar, contribuindo para a captura de dióxido de carbono. A floresta densa é composta de árvores altas, capazes de atingir até 60 metros de altura. A floresta aberta, por outro lado, é um espaço de transição entre diferentes biomas. Na área do Western Amazon REDD + Grouped Project é comum encontrar palmeiras e bambu. O projeto garantirá a proteção dos ecossistemas, promovendo a regeneração do bioma amazônico em algumas das áreas mais ameaçadas.

Sociali

Melhoria das condições de vida das comunidades locais: há milhares de anos as florestas são o lar das comunidades tradicionais. Os “ribeirinhos”, por exemplo, são uma população que vive nas margens dos rios. Durante anos, as atividades insustentáveis levaram ao desmatamento. O projeto incentiva a educação das comunidades locais, com o objetivo de acabar com as atividades ilegais de corte e caça dentro das áreas protegidas, estimulando então o desenvolvimento de atividades sustentáveis e a consequente conservação dos ecossistemas. Estas novas oportunidades de trabalho, educação e treinamento em gestão agroflorestal contribuem para melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e suas famílias.

Biodiversidade

As florestas tropicais são a maior representação da biodiversidade. Dentro da área do projeto é possível encontrar espécies endêmicas do bioma amazônico, fortemente afetadas pela fragmentação do habitat natural devido ao desmatamento: entre as várias podemos citar o huron minor, o guaxinim, o queixada o tamanduá. Em particular, três espécies são categorizadas como “ameaçadas” pela IUCN: a anta, o furão e o queixada, enquanto uma, a onça-pintada, está “criticamente ameaçada”.

Estudar e preservar a biodiversidade, prevenir a caça e reduzir o risco de incêndios estão entre as principais atividades do Selva de Urundel REDD+ Project.

DSC
sustenableGoals

Os ODS, ou Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, são um conjunto de 17 objetivos interligados e definidos pela ONU em 2015 como uma estratégia “para alcançar um futuro melhor e mais sustentável”. Os ODS reconhecem a estreita ligação entre bem-estar humano, crescimento econômico, inclusão social e a saúde dos sistemas naturais.