Armadilhas fotográficas para soluções baseadas na natureza

Se você tem interesse em ver quais animais habitam ambientes naturais hostis de difícil acesso, pode fazê-lo por meio da instalação de cameras trap (armadilhas fotográficas).

Criadas na década de 1890, essas ferramentas inovadoras são um método pouco invasivo de captura de imagens que mudou para sempre a forma como os cientistas coletam dados da natureza. Consistem em uma câmera digital com um sensor infravermelho que tem a capacidade para distinguir o calor dos objetos em movimento.

Quando um animal se move em frente ao sensor a câmera é ativada, gravando uma imagem ou vídeo no cartão de memória. Este equipamento permite registrar espécies raras na natureza, já que pode ficar por semanas ou meses em funcionamento.

Camera Trap Footage: Carbon Credits Consulting/ Mato Grosso do Sul – Cerrado / ARR projects

Nas nossas áreas de projeto instalamos várias armadilhas fotográficas para identificar as populações de animais e onde mais ocorrem. Isso não só proporciona um conteúdo fascinante para nós e para os nossos clientes, como também nos permite monitorar a presença de espécies, algumas das quais são consideradas em risco ou vulneráveis.

Além disso, as armadilhas fotográficas provaram ser muito relevantes no combate ao desmatamento e caça ilegais nas áreas dos projetos. Porém, apesar do seu grande potencial, nem sempre é fácil recolher os dados coletados. A sua utilização possui vários grandes desafios: a nossa equipe de especialistas precisa viajar aos locais de difícil acesso com o objetivo de instalar as armadilhas fotográficas da maneira mais viável, mesmo que às vezes tenham que atravessar rios ou percorrer longas distâncias a pé.

Our technician collecting pictures in Selva de Urundel REDD+, Argentina

A instalação dessas armadilhas fotográficas deve ser realizada por pessoas experientes e qualificadas, de modo que todo o conteúdo capturado possa ser utilizado no monitoramento das espécies e estimativa de densidade de animais silvestres numa área específica, ou mesmo para identificar e distinguir animais individuais de determinada população. Estes dados podem ajudar a estabelecer indicadores do estado de conservação das florestas.

O nosso trabalho com as armadilhas fotográficas vai além do entretenimento. Nos permite analisar, proteger e conservar espécies que são fundamentais para a nossa missão de barrar a mudança climática. Isso nos dá um vislumbre do que está por trás de um projeto de conservação certificado e, ao mesmo tempo, nos ajuda a compartilhar com nossos clientes o incrível mundo da biodiversidade que conservamos juntos.

More news

Armadilhas fotográficas para soluções baseadas na natureza
Por que existe a necessidade de um projeto REDD+ na Amazônia